E agora? Quais são os materiais para a encadernação artesanal?

Materias para encadernação artesanal - ferramentas essenciais :mínimo diário #InventeUmMeio

E o tempo passa em modo voante, sem prestarmos atenção já realizamos duas oficinas de encadernação artesanal. Ouvindo o que alguém pede durante a oficina, ouvindo o que alguém pergunta depois por e-mail, ouvindo o que nossas vozes internas dizem, percebemos a necessidade de criar uma lista de materiais para a encadernação artesanal.

Como toda arte, a encadernação possui técnicas e ferramentas específicas. Treinar e conhecer é importante para soltar a criatividade durante o processo de construção do seu livro. Então vamos falar dos materiais para a encadernação, a ideia é ser algo que sintetize de forma básica alguns pontos essenciais, como: 1) ferramentas; 2) papéis; 3) linhas; e 4) outros materiais de consumo.

Materias para encadernação artesanal - ferramentas :mínimo diário #InventeUmMeio
Ferramentas e mais ferramentas. Tem dobradeiras, prendedores, placa de EVA, pincéis, tesouras, réguas, agulhas e por aí vai 😉

Para o texto ser mais sucinto, e também permitir explicar mais os detalhes de cada tópico, iremos dividir em partes. Em cada uma colocaremos uma lista de materiais essenciais, sugestão de substitutos e onde encontrar.

Temos muito interesse e respeito pela tradição da técnica, contudo até o momento estamos nos pautando em impressões pela prática e por material visto na internet. Assim, achamos essencial dizer que essa lista é criada a partir de nossas experiências e pesquisas. Não somos encadernadores “profissionais”, no sentindo de termos realizados cursos ligados a tradição.

Vamos começar, então? Caso falte algo, com o tempo vamos atualizando essa publicação.


 

Lista de materiais para a encadernação artesanal – parte 1

 

AS FERRAMENTAS

Essa é a parte inicial para o trabalho com os materiais para a encadernação artesanal. Ter ferramentas que te ajudem é determinante para a qualidade final do seu livro. Um adendo, mesmo sendo importante o uso de ferramentas adequadas, não pense que as ferramentas certas sãos limitadoras da prática da encadernação. Mesmo tendo ferramentas específicas, a encadernação permite o uso de muitas ferramentas substitutas. Comece com o que tiver e com o tempo invista em ferramentas melhores. #InventeUmMeio

 

As ferramentas ESSENCIAIS da encadernação artesanal

Materias para encadernação artesanal - ferramentas essenciais :mínimo diário #InventeUmMeio
Algumas das ferramentas essenciais que usamos: agulhas diversas, dobradeiras, espátula, estilete de precisão, agulhão, placas de MDF, sargento, rolinho de espuma, estilete, pincéis, réguas metálicas, base de corte A4 e A3.
Base de corte

A base de corte é o suporte no qual realizamos boa parte do trabalho de encadernação. Medições, dobra de papel, cortes e por aí vai. Ela é feita de material plástico resistente ao uso do estilete – não estrague sua mesa! – e posui uma grade para facilitar nas medições. Você encontra em diversos tamanhos A5; A4; A3 e maiores. Ela é um material durável.

Substitutos:
um vidro plano, para realizar os cortes e não estragar a superfície e réguas, para as medições.
Onde encontrar: papelarias, armarinhos, lojas de artesanato, lojas de encadernação.
Preço: varia muito pelo tamanho e pela loja, dá para achar entre r$ 20 e r$100 . É um investimento justo, pois tem boa durabilidade e é muito versátil no uso. para quebrar o galho na DAISO – link no fim – achamos algumas por r$ 7,99.

 

Dobradeira

A dobradeira é a ferramenta essencial da encadernação. É usado para tantas funções e descobertas que chega a ser, como dizem, a nossa terceira mão. Com as dobradeiras fazemos vincos, reforçamos dobrar, tiramos bolhas, cortamos papéis e outras infinidades possíveis. A dobradeira pode ser feita de diversas formas e materiais, conheço apenas as de ossos e as de plástico.

Substitutos: 
uma espátula ou a parte plástica de uma tesoura, para fazer os vincos e réguas, para cortar o papel de modo mais rústico.
Onde encontrar: lojas de encadernação, lojas de material artístico.
Preço: em torno de r$ 30. Investimento necessário – os substitutos servem mais para as horas de aperto.

 

Régua metálica

A régua metálica é a régua certa para a encadernação. Réguas de plástico vão escorregar mais e são um perigo para o seu dedo na hora de usar o estilete.

Substitutos: réguas de plástico, o problema é que estragam rápido.
Onde encontrar: papelarias, lojas de artesanato, lojas de encadernação.
Preço: uma de 30 cm, em torno de r$ 10.

 

Estilete

O estilete na verdade deve vir no plural, os estiletes. Podem ser dos comuns ou estilete de precisão, que possuem uma ponta mais fina e servem para cortes mais detalhados. Usamos para cortes do papel  e também para refilar os miolos do livro.

Substitutos:
uma tesoura, para cortar os papéis; uma gilhotina, único substituto que na realidade é o ideal, para corte mais ágil dos miolos.
Onde encontrar: papelarias, armarinhos, lojas de artesanato, lojas de encadernação.
Preço: varia muito pela marca, pode ser caro inclusive. com uns r$ 20 dá para comprar garantido um bom.

 

Agulhas

As agulhas são a ferramenta indispensável na hora da costura. Podemos usar de diversos tamanhos e formas. As preferidas por aqui são as retas nº 2 e as curvas. Tenham várias agulhas! Elas quebram rápido demais. Ainda precisamos explorar um pouco mais o universo desse material.

Substitutos:
agulha normal de costura, pode ser difícil de usar com linhas mais grossas.
Onde encontrar: armarinhos, lojas de artesanato, lojas de encadernação.
Preço: preço varia muito de modelo e quantidade. não é caro. dá para comprar umas 20 agulhas, por r$ 7.

 

Agulhão/furador

O agulhão é perfeito para fazer os furos necessários para a costura. Não tem muito a falar sobre ele. Se quer não ter estresse nessa hora, arranje um!

Substitutos:
agulhas, tachinhas e palitos de madeiras.
Onde encontrar: lojas de encadernação.
Preço: entre r$ 7 e r$10.

 

Pincéis/rolinhos de pintura

Os pincéis e rolinhos de pintura aqui servem para usarmos com cola. Com eles colamos os revestimentos das capas e laminamos papéis e tecidos. Após o uso, sempre faça a limpeza para não estragar com a cola.

Substitutos:
pincéis feitos a partir de recortes de papelão, em alguns momentos podem ser seus aliados.
Onde encontrar: papelarias, armarinhos, lojas de artesanato, lojas de encadernação.
Preço: entre r$3 e r$15.

 

Prensa

A prensa é aquela ferramenta de gente grande. Realmente valiosa, contudo cara e precisa de um espaço adequado. Esperamos um dia ter a nossa. =)

Substitutos:
livros pesados, grampo sargento, madeiras, é o que usamos.
Onde encontrar: lojas de encadernação.
Preço: na casa das centenas, é um item bom para quem já trabalha bastante e tem espaço de sobra para acomodar.

As ferramentas EXTRAS que facilitam o dia-a-dia da encadernação artesanal

Materias para encadernação artesanal - ferramentas extras :mínimo diário #InventeUmMeio
Algumas das ferramentas extras que usamos: placa de E.V.A., lixas, tesoura, furador de papel, pinça de precisão, prendedores, faca, cortador circular e palito de madeira.

Agora vamos citar diversos materiais que podem ser usados na encadernação. Ah, para alguns as réguas de encadernação são tão essenciais quanto os demais itens da primeira lista. Já para nós, que não fazemos muito trabalhos com capa dura, elas não nos fazem muito falta e fazemos as medições manualmente. Depois dessa explicação, segue a lista:

 

  1. réguas de encadernação e fio de cabelo: servem para facilitar a construção de capas.
  2. prendedores: firmam os papéis na hora de costura ou colagem. Substituto – tampa de isopor.
  3. berço de furação: facilita o processo de furação dos miolos. Substituto – livro ou catálogo antigo.
  4. gabaritos de furação: gabaritos de acrílico, madeira, papelão. Substituto – construir os seus.
  5. placa de E.V.A.: protege a superfície quando usamos o agulhão. Substituto – tampa de isopor.
  6. lixas: corrigir imperfeições nas bordas dos miolos ou para fazer um acabamento do miolo mais rústico.
  7. furador de papel: para criar fechos diferentes.
  8. pinça de precisão: para facilitar o uso de linhas em algumas ocasiões.
  9. cortadores circulares: cortes circulares mais precisos.

Onde encontrar esses materiais?

Aqui colocamos uma lista de lugares possíveis para a compra desses materiais em São Paulo/SP. Algumas das opções contam com lojas on-line.

Oficina Finisterre Urupês – grande variedade de ferramentas e materiais para encadernação, na Vila Mariana.

O velho livreiro – oficina de encadernação artesanal, na Vila Madalena.

Zoopress – encadernadora incrível de Niterói/RJ, vende kits de ferramentas em sua loja on-line.

Corrupiola – encadernadores de São José/SC , vendem berço de encadernação, gabarito e furadores artesanais.

Daiso – vendem diversas ferramentas de qualidade boa ou intermediária por r$ 6,99, como Base de corte, Tesouras, Cortadores especiais, Estilete e por aí.

Papelaria Universitária – papelaria com boa variedade de materiais artísticos.


Falamos  sobre a maioria das ferramentas básicas para a encadernação artesanal e também colocamos algumas outras que facilitam o nosso dia-a-dia. Próxima semana falaremos sobre papéis. Para quem tiver curiosidade, temos uma publicação antiga sobre papéis.

Alguma dúvida? Você usa outras ferramentas? Esquecemos de algo? Alguma loja para sugerir? Ah, falta algum outro tópico de materiais essenciais? Aproveita e fala pra gente. Assim vamos atrás e colocamos aqui.

Estudando, praticando e compartilhando é que aprendemos. 😉

#InventeUmMeio

3 Replies to “E agora? Quais são os materiais para a encadernação artesanal?

  1. Olá, Boa noite!!! Estou morando na Europa e estou com dificuldades em achar esses materiais. Sei que em sites como o eBay posso encontrar mas não sei o nome em inglês…. você saberia me indicar sites que vendesse materiais para encadernação aqui no exterior? Obrigada e parabéns pelo texto!!!

  2. Nayna, tanto na Inglaterra, quanto na Espanha ou mesmo Alemanha você vai encontrar dezenas de lugares com vendas de materiais. Inclusive há lojas especializadas em papéis, workshops. Esta área é muito mais desenvolvida na Europa do que no Brasil.

Deixe uma resposta